Tendências da Saúde e Bem-Estar para 2019

0

O setor de saúde só cresce quando o assunto é inovação. Nos próximos anos, várias mudanças significantes são esperadas na tecnologia de saúde nos meios digitais, que deve ter seu maior crescimento da história até 2020. É essencial a atenção de empreendedores e negócios para as tendências da tecnologia específicas para a saúde, que normalmente são discutidas e expostas em conferências mundo afora.

Confira aqui algumas das maiores tendências de inovação tecnológica que afetarão o mercado de saúde em 2019.

1. A Internet das Coisas

Aparelhos digitais e aplicativos hoje têm um papel crítico na identificação e prevenção de doenças crônicas em muitos pacientes. As tecnologias de internet e telemedicina, combinadas dão origem a um mercado de acessórios designados para diagnosticar e tratar pessoas, incluindo leitura de medidas médicas, como temperatura corporal, níveis de glicose e pressão sanguínea.

2. Arquivamento de dados médicos

Cada vez mais, estabelecimentos médicos tentam lidar com a necessidade de investir em infraestrutura para cadastrar e manter informações. Arquivamento desses dados em nuvem, ou cloud são a escolha mais convidativa para essa tecnologia no futuro. Tal procedimento faz o registro de pacientes muito mais dinâmico e conveniente, apesar de exigir conexões estáveis, rápidas e seguras.

3. Realidade Aumentada na Saúde

O aumento nos recursos digitais – como realidade aumentada – como soluções de saúde promoveu diversos avanços na área. A educação de novos profissionais e o planejamento de procedimentos e tratamentos são apenas alguns dos processos beneficiados por tal tecnologia. Um dos setores mais promissores à realidade aumentada é a fisioterapia, pela necessidade de interações com o ambiente que podem ser simuladas pelo recurso.

4. Inteligência Artificial

Máquinas que processam informações e oferecem dados dão origem a uma inovação que pode auxiliar profissionais da saúde nos próximos anos. Aparelhos assim aumentam a agilidade e precisão de alguns diagnósticos. Analises também podem ser feitas, permitindo que sejam traçados planos de tratamento em pacientes por meio de algoritmos. Dispositivos de inteligência artificial já existem no mercado, e ajudam em certos exames, como o oftalmológico, usando fotos da retina, e em alguns tratamentos, como o planejamento de processos de radioterapia.

5. Automação

A automação é a tecnologia onde um procedimento é feito sem a assistência humana. Na medicina, robôs já auxiliam processos cirúrgicos minimamente invasivos, como a laparoscopia. Embora o custo dessa inovação seja alto, investir em automação ajuda a cortar gastos de recuperação de pacientes, por oferecer menos risco de infecção do que cirurgias comuns.

6. Impressão em 3D

Processo em que materiais são criados por controle de computadores, formando objetos tridimensionais. É previsto que em um futuro próximo, a impressão 3D para uso médico será essencial, por permitir tratamentos personalizados e resultados positivos. Alguns exemplos do uso atual do recurso incluem próteses de ossos perfeitamente moldados para cada paciente, modelos para estudo de casos permitindo o diagnóstico preciso de doenças, a criação de tecidos sintéticos e até a impressão de medicamentos.

COMPARTILHAR