São Paulo negocia sediar primeiro hospital chinês da América Latina

0
FOTO: Diogo Moreira/A2img

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, recebeu na última segunda (30) uma comitiva de autoridades da área médica do governo da China. O encontro abordou o projeto de construção do primeiro hospital chinês da América Latina em São Paulo, além de parcerias com o Estado no setor de saúde.

De acordo com informações da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China, que solicitou a audiência, o hospital teria capacidade para atender tanto a comunidade brasileira como chinesa, com atendimento em português e mandarim.

“A proposta é de unir a Medicina Tradicional Chinesa com as técnicas ocidentais, tanto na área de prevenção quanto na cura. O complexo hospitalar comportaria 250 leitos, com 50 de UTI, além de shopping e área cultural, com parque”, explicou a assessora Especial para Assuntos Internacionais do Governo do Estado de São Paulo, Ana Paula Fava, também presente à reunião.

Um dos países com maior crescimento no mundo, a China ainda tem bom desempenho vinculado à indústria energética, de construção e agronegócio e quer ampliar os investimentos na área da saúde, principalmente na expansão da Medicina Tradicional Chinesa. “Com abundantes fontes de material de ervas terapêuticas chinesas e mais de 100 mil fórmulas patenteadas, há grande espaço para o desenvolvimento de novos produtos de cuidado com a saúde, com potencial aumento de mercado”, ressalta o documento da Câmara Brasil-China.

A delegação faz parte da Administração de Medicina Tradicional Chinesa do Governo da República da China. Participaram do encontro o vice-ministro da Saúde Nacional e Planejamento Familiar, Wang Guoqiang, o diretor-geral do escritório de Controle de Doenças, Yu Jingjin, o diretor-geral de Cooperação Internacional, Wang Xiaopin, o diretor-geral de Cooperação Internacional, Nie Jiangang, e o diretor do escritório europeu e americano de Cooperação Internacional, Lu Ming. O encontro também contou com a presenta do secretário estadual da Saúde, David Uip.

Com informações do Portal do Governo de São Paulo

COMPARTILHAR